Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \27\UTC 2013

A seguradora britânica Aviva anunciou nesta quinta-feira que vai cortar até 2.000 empregos mundialmente, no mais recente esforço para reduzir custos e revitalizar seus resultados.

O presidente-executivo, Mark Wilson, anunciou aos funcionários que os cortes seriam de aproximadamente 6 por cento da força de trabalho global do Grupo Aviva ao longo dos próximos seis meses, e reiterou o compromisso de entregar uma economia de 400 milhões de libras (609 milhões de dólares) até o final do ano.

‘Eu sei que são notícias difíceis para nossos funcionários, mas estas mudanças são essenciais se queremos continuar competitivos’, disse Wilson em um comunicado enviado por email à Reuters.

‘Estou empenhado para que a Aviva passe por esta fase de transformação de nosso negócio o mais rápido possível’, acrescentou.

A Aviva, que emprega cerca de 31.200 funcionários, iniciou uma restruturação generalizada, depois de anos de custos cada vez maiores, desempenho decepcionante do preço da ação e uma revolta dos investidores que levou à saída do ex-presidente-executivo Andrew Moss, em 2012.

O presidente do conselho de administração, John McFarlane, procurou tranquilizar os investidores nervosos com uma revisão estratégica em julho passado, que propôs a venda ou fechamento de mais de uma dúzia de unidades que estão com desempenho fraco e não são essenciais ao negócio.

Fonte: Reuters

Anúncios

Read Full Post »

Pesquisa realizada pela corretora online EscolherSeguro com 5.200 consumidores de todo o país mostra quais são as seguradoras que mais satisfazem seus clientes.

Porto Seguro obteve a melhor nota na classificação geral e a Allianz ficou em segundo lugar em todos os quesitos avaliados.

São Paulo – Uma pesquisa realizada pela corretora de seguros online EscolherSeguro com 5.200 clientes de todo o país mostrou quais são as cinco seguradoras que mais satisfazem os seus clientes na prestação de serviços dos seguros de carros. Em primeiro lugar ficou a Porto Seguro, em segundo lugar a Allianz, em terceiro lugar o Itaú, em quarto a Marítima e em quinto a HDI.

Os entrevistados classificaram as empresas em uma escala de um a dez em três itens: atendimento, assistência 24 horas e prestação de serviços após ocorrência de sinistro.

Na média de todas as avaliações, a Porto Seguro ficou com a nota 7,88, a Allianz obteve a segunda melhor nota (7,84) e o Itaú a terceira (7,50). A quarta melhor nota foi a da Marítima (7,49) e a quinta da HDI (7,33). A EscolherSeguro optou por divulgar apenas a classificação geral das seguradoras que ocuparam os cinco melhores resultados.

Marco Kemp, sócio diretor da EscolherSeguro, afirma que a pesquisa pode ajudar os consumidores a escolher qual seguro contratar não só pelo preço, mas também pela qualidade nos serviços oferecidos. “Nós gostamos muito de falar em custo benefício. Muitas vezes o cliente compara só os preços sem levar em consideração a cobertura oferecida e acaba contratando um seguro inadequado ao seu perfil”, diz.

Segundo Kemp, um dos quesitos mais importantes da pesquisa foi o serviço oferecido em caso de sinistro, uma vez que é neste momento que o segurado realmente precisa e testa o suporte da seguradora. Nesse item, a seguradora melhor avaliada foi a Marítima (7,86), em seguida a Allianz (7,85), a Porto Seguro (7,49), o Itaú (7,46) e a HDI (7,45).

O sócio diretor da EscolherSeguro comenta que o grande diferencial da Marítima em relação ao serviço prestado após a ocorrência do sinistro é que ela  oferece a aprovação do sinistro parcial em 72 horas nos casos de batidas que não geram perda total. E sobre a Allianz, ele comenta que a empresa se destaca pelo fato de ter procedimentos ágeis em praticamente todos os seus departamentos.

Outro ponto de avaliação foi o serviço de assistência 24 horas. A Porto Seguro obteve a melhor nota, com 8,19 e foi a única a atingir a casa dos oitos pontos. Segundo Kemp, o bom resultado pode ser atribuído ao fato de a seguradora oferecer assistência 24 horas com a presença de guinchos próprios. A Allianz apareceu em segundo lugar no quesito assistência (7,73), o Banco do Brasil em terceiro (7,68), a Mitsui em quarto (7,67) e o Itaú (7,51) em quinto.

E por fim, os clientes também avaliaram as empresas em relação aos seus canais de atendimento, que incluem o contato telefônico e a a vistoria do carro nos postos físicos. Mais uma vez a primeira posição ficou com a Porto Seguro, com a pontuação de 7,98. Na sequência aparecem a Allianz (7,94), Banco Itaú (7,52), Liberty (7,38) e HDI (7,35).

Metodologia

A pesquisa da EscolherSeguro foi realizada durante 18 meses, entre o segundo semestre de 2011 e o último semestre de 2012. As perguntas foram submetidas aos clientes por meio de um questionário disponível no site da EscolherSeguro e também por telefone. Os entrevistados responderam apenas questões referentes à seguradora com a qual possuem contrato.

Ao todo, participaram da pesquisa 20 seguradoras: Chubb, Tokio Marine, Indiana, Bradesco, SulAmérica, Mapfre, Caixa Seguros, Liberty, Azul, Brasil veículos/Banco do Brasil, HDI, Itaú, Marítima, Porto Seguro, Confiança, Allianz, Yasuda, Generali, Mitsui, Zurich/Minas Brasil.

Fonte: Exame

Read Full Post »

Veja alguns cuidados que devem ser tomados ao cotar e contratar seu seguro em uma corretora online:

Muito comuns na Europa, as corretoras online de seguros estão cada vez mais se espalhando pelo mercado brasileiro. Já há uma série delas no mercado, como a Bidu, a Economize no Seguro, a Segurar.com, a Minuto Seguros, a Smartia e a Taclaro. A facilidade de contratar os seguros sem sair de casa e a possibilidade de cotar os valores praticados por diversas seguradoras são os principais atrativos desses sites. Mas, para que a contratação do seguro seja bem-sucedida pela internet, os clientes devem tomar alguns cuidados básicos.

1) Verifique se a corretora é registrada na Susep

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) é uma autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda e é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro. Portanto, é muito importante que a corretora seja habilitada pela Susep .

Para consultar se a corretora é habilitada, é preciso entrar no site da Susep e informar na página de “Consulta de corretores” o número de registro da corretora, seu CNPJ e seu nome. Geralmente, o número de registro e o CNPJ das corretoras são informados nos sites, no final da página.

2) Não omita informações ao cotar o seguro

Os valores dos seguros podem variar muito de acordo com o perfil do cliente, por isso não são raros os casos de manipulação de informações na hora da cotação para obtenção de um preço melhor. Mas, ao fazer isso o barato pode sair caro, já que em um eventual sinistro as seguradoras fazem sindicâncias para checar quais foram as condições do acidente ou roubo, e podem descobrir que o cliente havia omitido algumas informações.

Segundo Eldes Mattiuzzo, presidente executivo da corretora online Bidu, um caso clássico de distorção de informação é quando o cliente é casado, mais velho e tem filhos jovens, mas não informa que os filhos podem conduzir o carro eventualmente. “Se o cliente tem um filho de 19 anos, por exemplo, as seguradoras agravam o risco e aumentam o preço do seguro, por isso muitos omitem essa informação. Mas, se a seguradora não tiver essa informação e acontecer um acidente com o filho, muito provavelmente ela não cobrirá o sinistro”, afirma.

3) Ao cotar o seguro compare os preços, coberturas, condições de pagamento e assistências

Os preços dos seguros podem variar muito de uma seguradora para outra. Por isso, as ferramentas de cotação podem ser muito interessantes para comparar os valores praticados por cada empresa. Mas, vale ressaltar que não só o preço deve ser levado em consideração. Fatores como as condições de pagamento e sobretudo a cobertura e as assistências oferecidas devem pesar na escolha do cliente.

Por isso, é muito importante que a corretora online apresente não só os valores dos seguros, mas também todos serviços que estão incluídos no contrato.

O presidente da Bidu afirma que, por uma diferença de preço pequena, às vezes é possível contratar um seguro de carro muito mais completo. Por isso, ele recomenda que os clientes prestem atenção se o seguro oferece assistência residencial, assistência para troca de pneu, serviços de chaveiro, carro reserva e qual é a abrangência do guincho. “Algumas seguradoras têm guinchos que só percorrem 100 km, outras 500 km. Para alguém que viaja muito para o interior, por exemplo, é importante contratar um guincho mais abrangente, que possa percorrer um caminho mais longo e levar o carro para uma oficina de uma cidade grande”, afirma Mattiuzzo.

4) Observe as opções de customização do seguro

Outra ferramenta bastante interessante de algumas corretoras online é a simulação do valor do seguro com diferentes tipos de cobertura e assistência.

Segundo Mattiuzo, vale a pena testar qual seria o valor de um seguro com uma cobertura de danos básica, com um limite de, por exemplo, 50 mil reais e outra com uma cobertura adicional. “No Bidu é possível simular quanto fica o seguro com uma cobertura adicional para vidros, ou, com uma cobertura maior do que 50 mil reais, que diminuiria o prejuízo em uma batida em um carro importado, por exemplo. É muito comum que os clientes cotem um plano básico e outro mais completo e depois escolham entre um ou outro”, diz.

5) Avalie se o site oferece informações de forma simples e se o atendimento é bom

A facilidade de navegação no site e o atendimento prestado pela corretora online podem ser bons diferenciais. É importante que o site seja intuitivo e permita que as informações buscadas sejam encontradas facilmente. E é crucial a corretora ter um canal de atendimento, seja online, ou por telefone disponível e eficiente para o atendimento dos clientes.

Talvez esse seja o ponto mais crítico das corretoras online em relação às outras corretoras, que fornecem um atendimento mais personalizado. Como toda a contratação é automatizada, algumas delas oferecem atendimentos precários, pela internet ou por telefone. E se isso já é ruim na hora da contratação, pode ser ainda pior no pós-venda, quando o cliente pode precisar de alguma assistência diante de um sinistro.

Dificilmente as corretoras terão um atendimento 24 horas, já que essa é uma obrigação das seguradoras, que devem atuar imediatamente diante de um acidente ou roubo. Mas, vale a pena checar se no horário comercial a corretora atende prontamente os clientes por telefone e se ela é capaz de tirar dúvidas sobre os produtos vendidos.

Se o atendimento for satisfatório, isso pode ser um sinal de credibilidade da corretora e de que ela não deixará o cliente na mão se ele precisar de alguma ajuda futuramente, por exemplo, para renovar sua apólice ou para saber como lidar diante de um sinistro.

6) Contate a corretora se surgir alguma dúvida no momento da contratação

Dúvidas sobre qual seguro contratar, ou sobre a documentação podem surgir no momento da contratação. Como todo o processo é realizado online, o cliente pode ter mais dúvidas do que em uma contratação feita pessoalmente. Por isso, mais uma vez vale a recomendação de ligar para a corretora para sanar quaisquer questionamentos e se certificar de que a corretora é confiável, que o produto escolhido é o melhor para o seu perfil e que a compra seja feita da maneira correta.

7) Leia atentamente a proposta de contrato de seguro

A proposta de contrato de seguro é o documento que especifica todas as condições da contratação do seguro, como as assistências incluídas, o valor do prêmio que o segurado deve pagar e o valor da indenização caso ocorra um sinistro.

Esse documento é apresentado ao cliente antes da finalização da compra e deve ser lido atentamente. Caso algum dado do veículo ou da seguradora esteja errado, ou se alguma questão estiver confusa, o contratante deve consultar a corretora antes de seguir em frente.

Fonte: Exame

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: